Subscribe to our newsletter:

Arquitetura Móvel

Free
iPhone / iPad
Genres:
  • Lifestyle
  • Entertainment
I want this app
Download from AppStore

“Arquitetura Móvel” é um projeto artístico desenvolvido para a residência Labmis do Museu da Imagem e do Som de São Paulo por Karolina Ziulkoski. Sua proposta é a transformação da arquitetura em objetos móveis através da tecnologia de realidade aumentada. Centros financeiros famosos de outros lugares do mundo foram transplantados para a Av. Paulista sobre edifícios históricos. O projeto, logicamente, não propõe executar isso, mas sim provocar um estranhamento que leve à discussão.

A ideia surgiu a partir das discussões em São Paulo a respeito do projeto da torre comercial e shopping onde antes era a casa dos Matarazzo. Como já havia acontecido outras vezes na mesma avenida, um patrimônio (e isso pode significar tanto valor arquitetônico como valor de significado histórico), ou melhor, o que restava dele, foi derrubado para dar lugar a mais um edifício que tenta copiar os grandes centros financeiros mundiais.

Não há nada de errado em procurar se identificar como uma metrópole relevante no cenário global. Porém, até que ponto isso é atingido às custas de nossa identidade local e da destruição de parte de nossa história? E assim surge esse aplicativo: faz sentido colocarmos a Gherkin Tower sobre a igreja São Luís? Ou a Torre Agbar sobre uma das mais lindas antigas residências de São Paulo? Uma certeza existe: não colabora na criação de uma identidade para São Paulo. Pesquisas realizadas pela artista com brasileiros e estrangeiros mostram que não existe uma imagem clara da cidade - há muita confusão, com pessoas citando locais que nem em São Paulo são, imagens negativas, como cinza, concreto, caos e multidão, além de muitos não terem ideia nenhuma a respeito da cidade: entre os estrangeiros, quando perguntados qual monumento representa São Paulo, 52% não sabiam e 9% responderam “nada” ou “nenhum”. Entre os brasileiros, 14% não sabem, 21% citaram o Masp e 16% a Av. Paulista, mas também foram obtidas respostas como “caos, trânsito e poluição”, o Marco Zero (fica em Nova Iorque) e a Central do Brasil (fica no Rio de Janeiro).

E então, quem sabe, ao invés de copiar edifícios famosos, não deveríamos pensar em algo que represente nossa própria identidade? E aqui é fundamental a sua participação: envie um desenho ou texto sobre qual seria um monumento que represente São Paulo. As sugestões serão transformadas em uma única proposta, que estará em exposição no Museu da Imagem e do Som de São Paulo em data a definir.

Créditos:

Um projeto de Karolina Ziulkoski
Residência Labmis 2014 - Museu da Imagem e do Som, São Paulo
Orientação conceitual: Jason Scott Rosen
Modelos Torre Agbar, Gherkin, Burj al Arab e Empire State: Melon 3d